Mercados Mundiais na América do século XVIII

Mercados Mundiais na América do séculoXVIII


No tempo do domínio inglês, quatro portos eram responsáveis pelo comércio entre as 13 colônias e a metrópole. Fortunas foram feitas com o comércio marítimo, legal e mesmo ilícito. Salém, Portland, Boston, Newport, eram nomes conhecidos dos marinheiros e piratas. Legalizados, com carta de corso autorizando o ataque a navios de bandeira inimiga, os “privatees” eram essenciais à economia local.




Na visita aos veleiros agora ancorados em definitivo, velas resguardadas, apenas a imaginação e a leitura de velhos documentos permite desvendar mistérios. A riqueza da pesca, a madeira permitiu a obtenção da moeda de troca para iniciar o processo. Nas Antilhas, em Barbados e Jamaica, o peixe seco era trocado por açúcar e melaço. A matéria prima, obtida pela mão de obra escrava era transformada nas destilaras montadas nas zonas portuárias no precioso rum.




A bebida forte, misturada com água, fornecia o “grogue”, líquido indispensável para manter as tripulações em disciplina adequada e o mais importante, era enviada para os portos da África como moeda para compra de novos escravos. Na Europa a bebida era trocada por mercadorias, metais e matérias primas. Em pequenas fundições fabricavam-se ferramentas, utensílios domésticos e mesmo armas. Nova mercadoria entrava no comércio, armamento era a pedida do momento.




O resultado do comércio tripartido é visível nas mansões, nos prédios públicos e igrejas, todos bem preservados fazem parte da história. Os benfeitores enriquecidos pelo comércio eram pródigos na construção das suas moradas e nas edificações de mercados, de prédios públicos e comunitários bem como de igrejas, local onde tinham lugar certo para abrigo, quando, terminada sua missão na terra, deveriam prestar o último ajuste de contas.




Felipe Daiello
Autor de “Palavras ao Vento” e ‘A VIagem dos Bichos’
Editora AGE

Patrocínios:

Compartilhe

12 respostas para “Mercados Mundiais na América do século XVIII”

  1. Pingback: is cialis generic
  2. Pingback: buy erection pills
  3. Pingback: cialis generic
  4. Pingback: levitra 10mg
  5. Pingback: levitra dosage
  6. Pingback: buy levitra online
  7. Pingback: real casino online
  8. Pingback: viagra sildenafil

Os comentários estão desativados.