Málaga a Cidade da Luz. Terra de Picasso

Em plena Andaluzia, Málaga surge com surpresas ao aventureiro que aqui chega. As influências da ocupação muçulmana são visíveis; as muralhas e a fortaleza de Gilbrafaro, a Alcazaba com casas, residências e o estilo árabe, estimulam nossos passos.

Recente escavações estão trazendo à tona resquícios de dominação mais antiga, um anfiteatro romano ameaça tomar forma.

O bairro medieval com ruelas estreitas, construções do tempo colonial, arquitetura a desbravar, exige peregrinação atenciosa. Ao final, junto ao Mercado Central encontramos os produtos típicos da região: embutidos, pernis de porco defumado, cortes de cordeiro e carnes em geral. Em baldes e tinas de madeira, azeitonas, tamanhos e cores tentadores surgem como estímulo aos nossos olhos e estimulam gulas e tentações. A pesca do atum se reflete na culinária e nos produtos; enlatados à nossa disposição.

Aqui, durante a Semana Santa, as procissões, as saetas com cantos melancólicos, misturam-se com as irmandades em vestes tradicionais. Concurso entre os artistas procura definir qual a melhor e mais bonita pintura representando cenas da paixão e da Pietá.

A arte da tauromarquia surge em “Malagueta”, a Plaza de Toros, onde podemos apreciar o duelo de morte entre a habilidade de um homem e a fúria das bestas negras – os miúras.

Não há como passear por Málaga sem tentar descobrir a raízes de Pablo Picasso.

Jovem ainda, filho de desenhistas, a única maneira encontrada para assistir as touradas em “La Malagueta”, era desenhar por moedas os perfis dos espectadores. Mesmo sem autorização paterna encontrara maneira de satisfazer sua paixão. Nos seus trabalhos podemos encontrar detalhes das touradas e cabeças de touros. Na sua obra Guernica aparece representação, cabeça da besta, que tantas interpretações despertou.

A visita a casa onde nasceu é outra etapa, no entanto, o essencial, o que é preciso desvendar, está no Museu Picasso.

Em casa colonial, restaurada, sem acervo de grandes obras, é possível descobrir por partes a sua alma.

Audiovisuais, exposições revelam como o mestre vivia, como trabalhava de modo alucinado. Mesmo famoso, recusava convites sociais, pois sua preocupação era produzir, incansável na busca de temas e na diversidade para expressar sua arte. Não apenas pinturas, esculturas, trabalhos em madeira, em papel e cerâmica enchem a nossa curiosidade. Gênio sem limites.

Mais desenhista do que pintor estava sempre, em traços rápidos, em rascunhos, expressando as suas idéias; originais de futuras pinturas.

Trabalhava, em várias salas da sua residência ou dos palácios onde morou, simultaneamente em várias obras; infatigável, era capaz de concluir vários trabalhos no mesmo dia.

Seus animais de estimação: a cabra e o cão afegão aparecem com múltiplas facetas em diversas obras.

É perceptível o que ocorre nos seus trabalhos quando mudava de residência ou quando encontrava nova parceira, nova paixão. É possível compreender em parte, após passos cansados, o que arrebatou a paixão, o desejo incansável deste grande pintor.

Entre os desenhos, encontramos rascunhos e detalhes da execução do mural Guernica, trabalho exposto em New York por muitos anos e que só retornou a Espanha após a queda do regime de Franco e mesmo da sua famosa “Paloma”, símbolo da paz apresentado, em 1950, no Congresso Mundial em Varsóvia, época em que a União Soviética despachava como gado, em trens de carga, milhares de poloneses para suprir a falta de mão de obra da URSS, resultado dos efeitos devastadores da guerra contra a Alemanha.

Pablo Picasso é representante autêntico de Málaga, não pode ser esquecido na nossa breve passagem por essa bela cidade.

Patrocínio:

Compartilhe

18 respostas para “Málaga a Cidade da Luz. Terra de Picasso”

  1. Pingback: cialis generic
  2. Pingback: cialis 5mg
  3. Pingback: cheap viagra
  4. Pingback: viagra 50mg
  5. Pingback: ed meds
  6. Pingback: top rated ed pills
  7. Pingback: ed pills
  8. Pingback: Buy cheap cialis
  9. Pingback: vardenafil 20 mg
  10. Pingback: order vardenafil
  11. Pingback: online casino usa

Os comentários estão desativados.