LILLE. CONQUISTA DE LUÍS XIV NAS TERRAS DE FLANDRES

Nas tentativas de dominar a rica região de Flandres, região associada aos países-baixos, Luis XIV, o Rei Sol, gastou recursos quase infinitos com a sua ousadia e seus exércitos; com a construção do Palácio de Versailles a futura derrocada financeira da França estava a caminho.

Lille, a antiga cidade flamenga de Rusel, foi a grande e única conquista na região, mas valeu a pena. Região rica em carvão, com indústrias na tecelagem, população laboriosa e empreendedora, era anexada ao reino da França. Com o tempo, as povoações de língua francesa e dereligião católica de Flandres constituirão a atual Bélgica e a Holanda surgirá das rebeldes províncias do Norte, onde a religião protestante predominava e a língua era bem distinta.

Hoje, em certas zonas belgas fala-se o idioma distinto do holandês, o flamengo, mas com as mesmas raízes.

– Podemos nos entender – afirma o vendedor na loja de hipismo ao ser questionado.

Lille, nas suas características como cidade, na observação do seu povo, não pode esconder a sua linhagem: loiros, olhos claros, estatura elevada, mostram as suas primitivas origens. A arquitetura é a típica da zona, da antiga Flandres.

A fortaleza construída por Vauban, marco para consolidar o poderio francês, ainda permanece como ponto turístico e domina o porto. O Beffroi, o mais alto de Flandres, bem antes da conquista francesa, era o símbolo do orgulho e da imponência da cidade. Do alto temos vista esplendorosa.

Centro universitário importante, o número de museus impressiona a quem chega. Os prédios históricos são magníficos na presença e na arquitetura. O quarteirão medieval de São Sauver resume o ponto principal da visita. A catedral de Notre Dame de la Treille convida à oração. O Palácio Rihour, a Porta de Paris homenageando Luís XIV são outros destaques que merecem a atenção

Charles de Gaule, o grande líder francês, arquiteto da resistência, nasceu em Lille. Sua casa natal é outra referência no nosso trajeto.

O Palácio de Belas Artes é outro ponto para não esquecer. A Grande Praça apresenta construções típicas de séculos passados.

No prédio da Ópera, a vida cultural de Lille ressurge em grande estilo, os festivais têm data certa e o público sempre presente nas intensas atividades culturais. Nos bairros medievais, pleno verão, inclusive nas calçadas e nas praças, centenas de pessoas lotam os bares e os restaurantes, locais que atraem seus clientes, nas noites e tardes da estação, pela gastronomia e pela excelente cerveja de Lille.

Quem quiser conhecer os campos de batalhas, os cemitérios, os monumentos da 1ª. Guerra Mundial, deve usar Lille como base dos roteiros. As trincheiras do Somme, lugar onde milhares morreram estão bem perto.

Dunkerque, no canal da Mancha, destino para Londres, local da retirada das tropas aliadas durante a invasão da França pelos tanques de Hitler, é outro circuito possível.

Patrocínio:

detalhesdetalhesdetalhesdetalhesdetalhes

Compartilhe

4 respostas para “LILLE. CONQUISTA DE LUÍS XIV NAS TERRAS DE FLANDRES”

  1. Pingback: coupon for cialis
  2. Pingback: generic ed pills
  3. Pingback: otc ed pills

Os comentários estão desativados.