Dom João VI. O Rei Fujão

Dom João VI

Dom João VI. Viagem sem retorno

A chegada da família real portuguesa, em 1808, altera as condições da colônia. Aportam no Brasil não apenas os fundos do erário real, mas a Biblioteca Nacional e as máquinas impressoras que iniciam a metamorfose do país , agora com Príncipe Regente. Para os ares tropicais a administração e a civilização europeia são transplantadas. O Teatro Real, o Jardim Botânico,a Imprensa Régia são testemunhas.

O Rio de Janeiro, capital provisória do Reino, cerca de 60.000 almas, desperta de sono letárgico. As condições nunca mais seriam as mesmas. Uma corte ociosa, mesmo parasita, exige a produção e a importação de produtos antes desconhecidos. A proibição de editar livros e de cultivar produtos exclusivos da mãe-pátria, como vinhedos e oliveiras, é eliminada. A inauguração de Universidades, de Escolas de Medicina e do surgimento Marinha recupera um atraso de séculos. O conceito de urbanização é implantado na cidade. A abertura dos portos brasileiros permite às nações amigas, leia-se Inglaterra, o aporte de produtos industriais, de ideias renovadoras, de negociantes, de investidores e até de aventureiros. A navegação de cabotagem se expande. Na época, com cerca de 3,5 milhões de habitantes, a maioria escravos, a Terra de Santa Cruz se esparrama pela costa. Apesar de gigante, as principais povoações estavam presas ao litoral, a comunicação era feita por navios; pelo interior apenas pequenas vilas perdidas na imensidão das florestas e descampados, com exceção das vilas ricas, dos centros da extração do ouro e diamantes.

O Rio de Janeiro, principal porto do Atlântico Sul, mercado mundial no comércio de escravos, possibilitando o reabastecimento e a restauração dos navios em via para a Ásia , quer pela rota do Cabo das Tormentas ou pelo Estreito de Magalhães , oferece todas as possibilidades para a expansão do comércio mundial.

Com o apoio da Inglaterra, senhora absoluta dos mares, após a eliminação do perigo corso, a marinha brasileira, com oficiais britânicos no comando das belonaves, no apoio e treinamento dos oficiais e marujos, domina os mares do sul. Os estaleiros começam a produzir pequenas embarcações. As flâmulas de Portugal e Algarves, por primeiro, e, depois, do Império Brasileiro terão supremacia em batalhas futuras.

Como sede provisória do Reino de Portugal, as rendas geradas no Brasil aqui permanecem, inclusive recursos refluem da antiga matriz. Portugal era a colônia, e o Brasil o centro decisório e do poder.

O sistema monárquico era a transição, tranquila, do colonialismo para novo estágio político. A formação e a consolidação da unidade nacional eram amalgamadas. A presença do rei, único soberano coroado nas Américas, evitou lutas fratricidas, o desmembramento territorial, o surgimento de caudilhos e de todos os problemas que assolavam as antigas colônias espanholas. A integridade territorial da nação deve tudo ao Príncipe Regente.

Se D. João VI, sob pressão das cortes de Lisboa, não tivesse retornado em 1821, se permanecesse no Brasil até a sua morte, as condições do futuro Império Brasileiro seriam outras. O futuro Rei de Portugal, único nas Américas, não queria retornar, protelava a decisão. Até hoje, em Portugal, sua memória não é honrada ou mesmo cultuada. O rei fujão, como é conhecido, teria melhor biografia se permanecesse em terras brasileiras.

Tinha aqui a oportunidade de criar com novas raízes o sonho lusitano de Camões. Se o fizesse, ficaria na história como soberano ímpar entre pares. O Brasil seria outro colosso.

As Guianas Francesas tinham sido ocupadas; a Província Cisplatina, conquistada em 1817 pelo General Lecor, continuaria integrada ao Império. A permanência do soberano se refletiria em fronteiras extravasadas muito além do Oiapoque ao Chuí.

As guerras com as províncias platinas teriam outro resultado. A rival Buenos Aires, às margens do Rio da Prata, ocupada pelos ingleses em 1806, não teria condições de enfrentamento. A população brasileira, calculada agora entre 4 a 5 milhões de pessoas, era sete vezes maior do que a do inimigo portenho.

As fragatas brasileiras, com apoio logístico em Montevidéu, em Rio Grande e Laguna, poderiam aniquilar o único bastião capaz de enfrentar os exércitos imperiais. Durante o episódio da luta contra os libertadores uruguaios, Buenos Aires ficou indefesa. As tropas estavam longe no Uruguai e a armada brasileira, sitiando Montevidéu, em poucas horas poderia atravessar o estreito e arrasar a capital platense.

O retorno de D. João VI em 1821, além da retirada total dos fundos monetários existentes, acarretou uma dívida de 12.000 contos com o Banco Rothshield da Inglaterra.

A falta de recursos dificultará a manutenção do exército e da marinha; a vinda de mercenários irlandeses resultará em rebeliões no Rio de Janeiro, facilitando a separação da Banda Oriental do Uruguai. Os anos iniciais do Primeiro Império serão difíceis, conturbados.

Sem a volta do “ Rei Fujão “, o 1º Império com Dom Pedro I, após a morte do Rei Dom João VI em 1826, começaria em bases bem mais sólidas. Casado com a princesa austríaca, com o apoio dos Impérios Europeus renascidos após a eclipse de Napoleão, com a fragmentação dos antigos Vice-Reinados Espanhóis, com a destruição da frota espanhola nas lutas com os ingleses, não havia caudilhos com força suficiente para enfrentar a superpotência do Atlântico Sul. A imigração com colonos alemães seria intensificada, a vinda de antigos soldados e oficiais prussianos — os Brummers — permitiria a estruturação do exército brasileiro. A combinação da armada imperial com tropas disciplinadas traria supremacia imperial aos campos de batalha. Os conflitos do Prata seriam abreviados. Disputas futuras, como a Revolução Farroupilha e a Guerra do Paraguai, não seriam episódios históricos a recordar. O Brasil gigante de hoje seria bem maior e muito menos pessoas, hoje, falariam o espanhol. Nossas fronteiras teriam chegado ao Pacífico?

Felipe Daiello

Autor dos livros “As Minhas Ilhas e As Rodas da Fortuna”

Editora AGE

daiello@cpovo.net

Compartilhe
CategoriasSem categoria

4.408 respostas para “Dom João VI. O Rei Fujão”

  1. I needed to write you this little observation to be able to thank you very much as before over the breathtaking concepts you have documented above. It was unbelievably generous with people like you to make extensively all that a few individuals could have distributed as an e-book in order to make some cash for their own end, certainly given that you could have tried it if you decided. Those tricks additionally served as a good way to fully grasp that many people have the same desire like my very own to find out good deal more on the topic of this issue. I am certain there are many more enjoyable instances up front for individuals who look over your website.

  2. I in addition to my guys ended up looking at the nice guidelines on the website and then the sudden I got an awful suspicion I never thanked the web site owner for those secrets. Those people are already for this reason thrilled to learn them and have now pretty much been making the most of these things. We appreciate you being so thoughtful and for finding this kind of important subject matter millions of individuals are really eager to be aware of. My personal sincere regret for not saying thanks to sooner.

  3. I not to mention my friends ended up taking note of the great tips located on your site while at once came up with a horrible feeling I had not thanked the web blog owner for those strategies. All the women were definitely as a result glad to read through all of them and have honestly been having fun with them. I appreciate you for truly being well helpful and for going for varieties of fabulous themes millions of individuals are really desirous to be aware of. My very own sincere apologies for not expressing gratitude to you earlier.

  4. I needed to write you a very little remark to finally thank you again with your awesome knowledge you have provided at this time. It was so open-handed with you to provide without restraint all that a number of us might have distributed for an electronic book to help with making some money on their own, primarily considering the fact that you could have done it in case you desired. Those pointers in addition served like the easy way to know that other individuals have a similar keenness similar to my personal own to know the truth way more on the subject of this matter. I am certain there are some more enjoyable occasions up front for individuals who see your blog post.

  5. [url=http://zoloftpricescompare.com/]buy zoloft online[/url] [url=http://cialisprice.us.com/]cialis price[/url] [url=http://clomidonline.us.org/]clomid online cheap[/url] [url=http://metforminnorxprice.com/]metformin pill[/url] [url=http://cialisbestchoice.com/]cialis[/url] [url=http://prednisonecheapestoffers.com/]prednisone[/url] [url=http://tetracyclinecheapestoffers.com/]Tetracycline[/url] [url=http://lexapro.us.org/]lexapro generic[/url]

  6. huge post. I just came across your site and wanted to let you know that I have certainly enjoyed browsing your blogs. At any rate I’m going to be following your feed and I hope you’re posting again soon.

  7. [url=http://cephalexin365.us.com/]Cephalexin[/url] [url=http://proscar2017.us.org/]Proscar[/url] [url=http://levitrapricescompare.com/]Levitra[/url] [url=http://retinacream.cricket/]retin a cream[/url]